terça-feira, 1 de novembro de 2016

Transparência Organizacional e o FACIN

Como o FACIN pode ajudar?

Hoje vou falar sobre o FACIN, que já está sendo apresentado e discutido dentro desta Comunidade, mas agora pela perspectiva da transparência. Afinal de contas, como o FACIN pode ajudar a promover ações sistemáticas para implantação de transparência em organizações públicas?

Eu já discuti exaustivamente em posts anteriores (procure pelas postagens clicando na palavra-chave transparência do lado direito do blog) os conceitos e diversos aspectos que envolvem entender e implementar transparência em processos, informações e serviços.

A questão é que, relembrando, o conceito de transparência, a princípio,  parece uma ideia simples. Porém,  transparência vai muito além de publicizar dados. Significa prover acesso, facilitar o uso, assegurar qualidade e auditabilidade de processos, melhorar o entendimento, informações e serviços. E para isso necessita da existência de métodos e modelos que tornem possível estabelecê-la de forma eficiente e sistemática nas organizações.

E é aí que o FACIN se torna ferramenta de extrema utilidade!

Esse tipo de demanda requer não somente conhecimento sobre os dados que são trafegados no contexto do planejamento estratégico, ou sobre um fluxo de processo, ou ainda sobre um conjunto de dados de um departamento de uma organização, mas sim quais são suas definições, como eles estão representados, como eles se relacionam entre si! O objetivo está em ir além de promover transparência de dados isolados, provendo a Sociedade com ferramentas para entender e utilizar informação pública sobre estratégia, relação com processos, dados, aplicações, gestão, riscos etc, e começar a formar um pensamento crítico sobre essas informações e ações no intuito de colaborar na criação de uma Sociedade democrática com cidadãos, governos e empresas participativos.

As contribuições esperadas no que concerne a preocupação em implementar características de transparência como uma dos requisitos para o desenvolvimento de todas as partes que compõem o FACIN são:
  • Aumento do conhecimento sobre as organizações públicas;
  • Melhoria da visibilidade e confiança sobre a atuação das organizações públicas;
  • Aumento da transparência e entendimento do planejamento, gestão e medição de ações e resultados;
  • Melhoria no monitoramento da aderência de ações e resultados em relação ao planejamento estratégico e as leis;
  • Melhoria no diálogo e interoperabilidade dentro do Governo e deste com a Sociedade;
  • Melhoria no engajamento e na tomada de decisão pelas organizações públicas;
  • Aumento do engajamento e confiança do cidadão.
Vou contando mais a frente durante o desenvolvimento das outras partes que compõem o FACIN!

Até!

Nenhum comentário :

Postar um comentário